A Casa Liberdade, clínica de reabilitação em Curitiba, cuida de diversas pessoas que sofrem com a dependência química. Cada paciente tem uma história, um tratamento, um acompanhamento diferente. Mas existem fatores um tanto comuns em suas vidas que foram chave para o desenvolvimento do problema com as drogas.

Jovens, por não terem muita criticidade e experiência de vida, estão expostos a maior risco na exposição às drogas. Ao mesmo tempo em que é mais influenciável, os ambientes que frequenta são de menor número: sua casa e de familiares, a escola e, em menor relevância, a comunidade que o cerca.

Portanto, o jovem aprende em casa o que é rotina, o que é saudável, o que é positivo para sua vida. E principalmente, aprende-se muito mais pelo exemplo do que pela exposição de palavras. De nada adianta dizer ao seu filho que uma vida saudável é importante se os pais fumam, usam drogas pesadas, brigam. O pai e a mãe afetam muito as crianças, então, se você pretende ter uma família saudável e tem problemas com drogas, a Casa Liberdade pode te ajudar a recuperar sua saúde e assim ter um lar mais feliz.

Então o jovem vai à escola, aumenta seu círculo social, quer sair com os amigos e começa a se interessar pelo sexo oposto. A referência da família aqui é o primeiro fator protetor do jovem, que associará o que os pais fazem em casa com o que é certo e errado no mundo. Se esse jovem se sente amparado, amado, com diversas atividades de lazer, com uma cultura positiva em sua cabeça e com um futuro em mente, é pouco provável que ele vá abusar das drogas. Pais que cobram engajamento escolar, que vão às reuniões de pais da escola, que prestigiam o filho em apresentações, que negociam ao invés de impor situações, demonstram atenção, autoridade e afeto de maneira positiva ao filhos.

Detalhe: é natural que o jovem, por sua curiosidade iminente, experimentar álcool, cigarro, alguma coisa até mais pesada, mas não irá abusar dela, pois sabe que não precisa disso para aliviar suas angústias e pensamentos tristes.

E a escola complementa essa base familiar com atividades de educação, cultura e lazer que motivem o jovem a se desenvolver, a sonhar em um ambiente seguro, que propicia a interação saudável entre seus alunos. Educadores que reconhecem seu poder de influência nos jovens e que ensine os alunos a serem focados nas atividades mas que saibam relaxar em momento oportunos, alunos saibam dividir suas conquistas e que ajudem aos demais, alunos que sejam engajados e valorizem as atividades da escola, dificilmente terão problemas com drogas.

Além disso, atividade física que agrade ao jovem, hobbies artísticos-intelectuais, férias que oportunizem crescimento em família, oferecer oportunidades de desenvolver o intelecto como ir ao cinema, dar livros, ir a museus, viajar, são ótimos vieses de fortalecimento a personalidade saudável do jovem.

O que quero dizer é que a dependência das drogas surgem de alguma lacuna no indivíduo, seja em casa ou no meio social geral, por estresse, seja por transtorno psiquiátrico, por uma dor crônica que as drogas aliviam – por hora, por falta de ânimo e perspectiva nas atividades do dia a dia. O jovem bem amparado nos dois principais locais em que frequenta, casa e escola, tem menos chance de abusar de algo que notoriamente lhe faz mal e de se manter são no futuro, quando adulto também!

Tratamentos em Curitiba

Caso seu filho precise de ajuda, entre em contato conosco para remediar a situação. Sua saúde e a de sua família precisa ser valorizada! Nos contate 24 horas, para saber nossa agenda, tratamentos e preços, em (41) 3556-1511, ou no endereço Rua José Boganiko Sobrinho, 360, Piraquara, PR.