• Assistência para dependentes químicos em Curitiba

  • 24 HORAS (41) 99607-3733 | (41) 3556-1511
  • casaliberdade@casaliberdade.com.br

Resumo do tratamento:

  • Tempo de tratamento: 4 meses.
  • Visitas familiares: de 15 em 15 dias a critério e avaliação da Equipe Técnica.
  • Ressocialização: a partir de 105 dias a critério e avaliação da Equipe Técnica.

Fases do tratamento

  • Programa de Desintoxicação Terapêutica (PDT) e adaptação (45 dias)
  • Conscientização (46 a 90 dias)
  • Ressocialização (a partir dos 105 dias a 4 meses em regime de clínica dia)
  • Avaliação Final
  • • Pós- Tratamento (clínica dia)

No que o programa base consiste:

  • Avaliação de evolução diária;
  • Grupos psicoterapêuticos com o intuito de conscientizar o paciente da sua condição e sobre as dependências químicas;
  • Grupos de prevenção de recaída;
  • Grupo de inventário diário avaliando a evolução do tratamento;
  • Seminários educacionais;
  • Tarefas didáticas escritas semanais, com seu conteúdo sendo trabalhado em grupo (Modelo Minnessota);
  • Atividades físicas diárias;
  • Atendimento familiar semanal;
  • Atendimento psicológico semanal;
  • Atendimento psiquiátrico semanal;
  • Avaliação psicológica e psicodiagnóstico.

internamento de dependentes quimicos curitiba

Como ocorre?

Pelo caráter individualizado do tratamento, ao término do período de internamento a família e paciente recebem orientação onde são apontados todas as situações de risco de uso, grupos sociais a serem evitados bem como locais de que podem colocar em riso a abstinência do paciente de acordo com o que foi identificado no tempo de residência do paciente na clínica. No mesmo documento seguem orientações gerais e específicas para a manutenção da abstinência e otimização da recolocação social do paciente em seu meio, bem como a postura da família nesse processo.

Todo tratamento deve seguir critérios técnicos de intervenção. A Casa Liberdade tem como estratégia de trabalho a visão clínica de tratamento, assim para qualquer intervenção nas dependências químicas alguns cuidados devem ser observados, tais como tempo de uso, histórico do paciente e de seu meio sócio familiar, o grau de dependência, droga de preferência e possíveis comorbidades associadas (patologias de base).

Em um segundo plano o diagnóstico diferencial começa a ser elaborado bem como a estratégia de intervenção considerando que cada paciente é único em sua história, logo um PLANO TERAPÊUTICO INDIVIDUAL e elaborado pela Equipe Técnica.

O tratamento inicia-se então com uma avaliação e diagnóstico do grau de dependência e, a partir deste resultado serão elaboradas as estratégias de intervenção e alocando o paciente em um modelo terapêutico que esteja coerente com sua realidade atual.

O programa terapêutico tem como base o Modelo Minnesota de tratamento que tem como base a filosofia dos 12 Passos de grupos anônimos e, para tanto, o tempo de internamento para a execução total do programa gira em torno de 6 (seis) meses.

O paciente recebe avaliações de evolução diárias. Conforme o desempenho do paciente a partir do 120 dias inicia-se o processo de ressocialização, onde pode visitar seus familiares desde que estes também estejam envolvidos no processo de tratamento, ou seja acompanhando os grupos de orientação e suporte para familiares que acontecem uma vez por semana. Desta forma, o paciente poderá passar o dia ou final de semana em sua casa de acordo com os critérios da Equipe Técnica. Esse processo de ressocialização se estende durante o tempo de residência do paciente na clínica.

Após o período de internamento o paciente automaticamente inicia o tratamento em regime de clínica dia para a manutenção e monitoramento da abstinência.